Total de visualizações de página

domingo, 5 de dezembro de 2010









Meu dia...


Desenho meu dia hoje
em folha de papel marfim
coloco sonhos
escolho flores
e vivo o dia feito por mim!


Desenho minha tarde hoje,
em folha de papel machê
chamo as cores
descubro  a vida
desenho o sol
que há de ter!


Desenho minha noite hoje
na cor azul de um papel..
desenho sonhos
desenho estrelas
e me desenho
a tocar o céu ...




fatinha, so fatinha...

sábado, 4 de dezembro de 2010




Meu eu...

Meu eu , sou eu
sem ter você!
Sem ter , sem crer 
sofrer , gemer, chorar..temer!
Sou eu sem medo 
arremedo de quem sou
Sou canto incompleto, que completo
no confesso do segredo 
que não conto , pra não ter 
chorar você , com dor!
Sou eu , sozinha, sem teu riso
teu olho escuro, que clareia  minha vida
se comigo estás!
Meu eu sou eu que 
escureço meu caminho
se o percorro então sozinha
se comigo não estás!
Meu eu ,sou eu, que te busca
em mãos perdidas
falas ditas
versos tristes 
noites longas 
doloridas , exauridas
do teu sopro criador
que em mim assola
a memória
em que sozinha , sinto a dor!
Pois esse eu, que então sou eu
que não me encontra se sozinha está...
é um eu sem eu, 
é um eu partido
que por ti está a esperar 


fatinha, so fatinha..
                         




Amor em rimas..


Amor  com rimas
sem endereço
só fantasia
sem ter um preço
sem ter certeza 
sem exatidão
sem ter cobrança 
só emoção
sem ter saudade
mas  tem  o sonho
sem ter maldade
onde te ponho?
Me fazes festa
a cada dia
quando te encontro
só alegria
És meu café
meu pão de queijo
és minha prece
és meu desejo...
és minha lua
Nova ou minguante
és meu suspiro 
de todo instante
és meu poema 
sem rimas ter
meu querer bem
meu bem querer !
Não te associo 
a palavra dor
por que essa rima
não tem valor!
Mas te coloco na exatidão
da rima pura do coração


fatinha, so fatinha...