Total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Desejo...

Vou assim chutando latas
passo na rua dos sonhos
e desato-os de suas obrigações
ilusões
sermões
emoções...
Gargalho a passagem livre
do pensamento pecaminoso
que horroroso!
Sua verdade , verdadeira
é  ser pecado
no desejo que eu sinto por  você
quando salivo ao ver-te
em branca e inocente luz
no reflexo de tuas pupilas.
menino bonito,
com cheiro e aroma de amor...
de onde sobressai meu desejo
de em teus braços aninhar-me
encontrar-me
encantar-me...
Seduz-me assim
na mansa fala,
no olhar sereno
que insinua e retrai-se ao desejo meu...
que compactua e desata os gostos
que apuro ao teu sabor
gosto de amor
que ainda se esconde
na candura, branda e calma
em que me acolhes
e em noite de lua me diz
fica, e se faz em mim sem demora
e da ultima estrela , que faz-se no céu
não queira saber a hora!


fatinha, so fatinha...

domingo, 15 de maio de 2011

A flor do Dia...



Hoje colhi a flor que eu tanto queria...
fiquei a me perguntar a quem eu ofertaria!
Trabalho muito , faço força pego peso
isso é arremedo, vivo com medo!


medo , sou arremedo 
sou exclusão
sou somente número na televisão!

A infância que a vida
 deveria ter para mim,só me mostra 
coisa ruim...não posso jogar bola
pião , nem papagaio... 
quase num vou a escola 
saio cedo pra trabalho!
Na feira são as  sacolas ,
 depois vou a estação
não dá tempo nem  pra ver televisão...
no sinal, vendo uns bagulhos,
 ate peço por favor
nem como criança , brinco de ser doutor..
Na escola a merenda alivia ,um pouco dia.
também recebo um sorriso da Maria!
Será que algum dia ela comigo casaria?
A professora, nos manda estudar,
é preciso aprender para poder trabalhar!
Mas que bobeira , que ilusão...
eu trabalho todo dia , la na feira e na estação...



ando sujo, sou pivete
pois trabalho , mas ,ainda sou moleque!

Tenho dó do que percebo, 
apesar de ser criança,
a professora ta perdendo a esperança...
seus olhos não sorriem com alegria...
ja descobri a quem darei a flor do dia:
entrego a  ela , e ela sorri...
mas não tem emoção!
seus olhos embaçados 
, ate pedem perdão,
ela sabe que eu sei ler,
 o que lhe vem ao coração!
Hora de ir  embora, a cena terminou...
ai pergunto: Maria casa comigo
se um dia eu for doutor???


fatinha, so fatinha...



Menina...

Seu corpo nega sua idade
sua idade nega seu prazer...
sorriso onde se esconde?
os sonhos perdem-se de você!
A boneca está encostada,
será que com ela brincou?
fantasia de contos de fadas,
por que dela se afastou?
No corpo que hoje ofertas
menina virginal pareces
sequer tu tens a malicia
no sexo que tu ofereces!
O sangue que teu corpo verte
ainda te causa rubor
o amor que ainda não conheces,
em que prece, ele ficou?
Ah menina , pequena criança!
te entregas sem saber enfim..
que os corpos que o teu procura
te usam , te tiram os sonhos
e te abandonam no fim!
Desejo que voltes  a infância
e de casinha ainda venhas a  brincar
e oro para que um dia ,
tu voltes menina a sonhar!!!


fatinha, so fatinha...


Para A . C... 12 anos , idade dos sonhos de contos de fadas...(sera que ainda existem?) que me fez chorar ao me contar sobre sua vida sexual ativa...com garotos da mesma idade q ela ...e com homens que dela se aproveitam....