Total de visualizações de página

sábado, 4 de dezembro de 2010




Meu eu...

Meu eu , sou eu
sem ter você!
Sem ter , sem crer 
sofrer , gemer, chorar..temer!
Sou eu sem medo 
arremedo de quem sou
Sou canto incompleto, que completo
no confesso do segredo 
que não conto , pra não ter 
chorar você , com dor!
Sou eu , sozinha, sem teu riso
teu olho escuro, que clareia  minha vida
se comigo estás!
Meu eu sou eu que 
escureço meu caminho
se o percorro então sozinha
se comigo não estás!
Meu eu ,sou eu, que te busca
em mãos perdidas
falas ditas
versos tristes 
noites longas 
doloridas , exauridas
do teu sopro criador
que em mim assola
a memória
em que sozinha , sinto a dor!
Pois esse eu, que então sou eu
que não me encontra se sozinha está...
é um eu sem eu, 
é um eu partido
que por ti está a esperar 


fatinha, so fatinha..
                         

Nenhum comentário:

Postar um comentário