Total de visualizações de página

sexta-feira, 23 de março de 2012

Meu Tempo!!!

Sem tempo , sem hora
eu canto no vento
meu grito ou dilema
minha fé de verão...
esqueço o inverno
o frio cortante
a dor lacinante de meu coração...
Invento ou crio
um tempo marcado
para ser feliz
escrevo na areia
segredos da alma
do tempo que fiz!
Não choro por nada
apenas escolho
meu modo de ser
palmilho a história,
a passos criados
do tempo sem hora
que estou a viver!

Fatinha, só Fatinha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário