Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de abril de 2011

Não Quero...


Não Quero...                                                                                         

Não quero que me ames assim,
quero ser inteira
quero ser completa
sem nunca faltar
um pedaço de mim!
Por isso ,
não quero ciúmes
nem o teu pesar
o teu grito forte
ou teu reclamar...
Não quero ,
uma festa falsa
não quero
a repressão
não quero
 os desmandos bobos,
nem o medo insano
de um dia quem sabe
de ti mim perder,
numa multidão
Sou livre,
e assim ,eu quero ser,
sou sonho,
e assim ,quero  acontecer...
Por isso não quero
a gaiola dourada
a prisão que sufoca
a palavra travada
a  faca que corta...
Quero algo tão simples...
uma praia calma
um entardecer
uma brisa leve
ou um alvorecer..
uma palavra mansa
de fidelidade
que escreva em verso
ou até em prosa,
que amor só existe
tendo liberdade!!!


fatinha, so fatinha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário