Total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de abril de 2011



Vida...

O dia acaba
a noite chega
a festa encerra
o medo aconchega!
É o mesmo vai e vem,
é o vento que passou
é a dor que continua
é o sonho , que não se sonhou!
Casa
aluguel
emprego
quartel
corpos suados
motel
conjugação
separação!
E a vida se fazendo
Sorrisos sem dentes
sorrisos sem cor
canções desconexas
que não falam de amor...
o que será que está acontecendo?
Meus medos são novos,
ou inventei-os agora?
Que nada , catei-os ontem
desde o aparecer da aurora...
E me chegam assim, assim
dizendo será que tudo está ruim?
Pinto agora um sol marrom
e o guardo
 na mesma gaveta de meus batons
quem sabe , ainda consiga
cantar a canção da vida
em um novo tom?


fatinha, so fatinha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário