Total de visualizações de página

terça-feira, 9 de julho de 2013

Não apague a lua...


Cansei de escrever versos
cansei de poemizar
e estou tentanda
a desfazer o verbo amar!
Não quero tolerância
 em minha decisão,
Isso não é arrogancia
é constatação
do que me doi
do que se foi
do que sofri
do que vivi
do que perdi!
Quero dormir solto
um sono sem  sonho
quero um novo porto 
ao que me proponho
quero a consciencia
 dos anjos lunares
não espero clemencia 
ao meus ditos vulgares.
Serei um poeta
de bares e ruas...
Só peço um favor,
que o último ao sair 
não apague a lua!

Fatinha, só Fatinha...



Nenhum comentário:

Postar um comentário