Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Esse amor...

De que é  feito esse amor,
de instantes , de momentos?
tão forte  é ele em mim
que não o  esqueço no vento!

De que cor é esse amor?
Cores mil ele possui?
e mesmo em  grande chuva,
descolore, ou  se dilui!


De que é feito esse sonho,
noites bêbadas, e insones?
por que então esse amor,
 lentamente  me consome?


Quisera te-lo em papel
ou de barro  e com defeito
ai saberia enfim
de que esse amor é feito!

Mas até hoje não sei
sequer poderei saber
só que existe em mim
e nunca o poderei ter!
Assim carrego-o comigo
sem feitio, sem exatidão
diluindo-se na chuva 
e guardado no coração...


fatinha, so fatinha...




Nenhum comentário:

Postar um comentário