Total de visualizações de página

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Hoje...

Meio perdida estou...
peco na inocencia do perdão que dou a mim!
Onde estão meus sonhos? Não podia deixá-los dormir
em caixa de seda e os deixei!
Já se faz tarde para vivê-los, a lua ainda nem surgiu
e eu estou aqui a espera de minha presença!
Minha fé titubeia no silêncio de minha alma...
Contei ontem para ela , historias em que o final era feliz!
Agora estou em dívida, pois a certeza se foi...e a dúvida
é o meu presente...marcado, doído e que se mostra
na fenda escura de meu sexo em oferta!
Encontro o que de mim restou:lágrimas virginais
retrato de um passado que hoje desenho, em forma de poema
sem rima, para poder supórtá-lo!
Assim, vou vivendo o dia de hoje e buscando
um lugar onde a inocência persita em existir...e eu posssa
ter a certeza de que ao final de tudo...eu possa fechar os olhos
e esquecer de tudo!


fatinha , só fatinha....

Nenhum comentário:

Postar um comentário