Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de janeiro de 2011





Lua- Menina...

Não pensa em sina....
Quisera a vida fosse assim...
nesse compasso em que tu mudas
Num vai e vem, sem ter um fim!

Horas passando, tempo correndo?
Ah linda lua, nem te preocupas
Por que tu vives  não estás morrendo!

Em tuas fases trazes mistérios, ao coração...
Lua menina, moça brejeira guardas poemas
 numa imaginária palma da mão!

Desejos instiga...aflora o ser,
E  ao final lua –menina
Tu te compraz , pois todos  amam
Ao teu querer...

Fatinha , so fatinha....



Um comentário:

  1. Que a lua seja sempre a tua fonte inspiradora,
    pois ela tem o poder de te fazer poeta porreta!!!
    E eu amo esses raios azulados que te deixam assim...lindamente Fatinha, só Fatinha...

    ResponderExcluir