Total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de março de 2011

Era uma vez...

Era uma vez...

Era uma vez,
um poema frances..
falou tanta coisa
contou tanta história
falou de amantes
sem tempo sem hora,
se fez importante
em seu linguajar
falado em biquinho
mas não soube rimar.
Se fez pequenino
pois nunca encontrou
uma rima em frances
para o verbo amor!
Tentou esmerar-se
 fazer-se importante
na trova escrita
em longos rompantes
tentava encontrar 
a palavra certa
que desse uma rima
tal qual porta aberta
que leva no vento
a inspiração
que encontra na lua
a sua canção.
Era uma vez um
 poema frances
que tanto se fez
e perdeu-se na  rima
do , era uma vez...


fatinha, so fatinha...







Nenhum comentário:

Postar um comentário