Total de visualizações de página

quarta-feira, 16 de março de 2011



Eu Poema..

Sou poema em minha lua 
nova , cheia, minguante, errante?
não importa  a estação..
o poema está na palma de minha  mão!
Quando sonho , poemizo
e os versos , rimas e cores
sintetizo
profetizo
realizo...
Não quero riquezas
que me levem de mim
quero ser livre
num poema sem fim...
Quero sol , e lua
e como poema , poder andar nua..
numa tarde alegre
de alma a bailar
 ter um  gozo   pleno 
ao poemizar
 algo assim bem livre 
de todo pudor,
e numa noite virgem
num poema santo 
escrito em meu corpo
so falar de amor!

fatinha, so fatinha...           

Nenhum comentário:

Postar um comentário