Total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de março de 2011

Meus passos...

Nos passos de meu dia caminho,
vejo sonhos e bêbados tristes 
que se misturam,e se procuram
no que restou,
vejo a banda que toca,
 e o sono cansado  que passou,
os restos no prato
a sobra de amor...
o livro esquecido 
a flor que secou!
Nesses passos eu acompanho
o que sobrou...
o sorriso apagado
que a tudo resistiu,
a lágrima transparente
que teimou e não caiu!
Vejo e sinto nesse passo
 o desolar
o despertar
o não acreditar...
que se resistiu
que se feriu
o que se permitiu...
Nesses passos hoje firme
se redime
se exprime
se comprime
a minha história 
criada sem hora, um pouco torta
vivida em horas tantas
 e o que importa
se nessa historia não sou santa?

fatinha, so fatinha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário