Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Noite!!!!!

A noite chegou e eu estou aqui!
Faço reverso dos meus versos,
e ponho-os a venda por preço barato!
A vida ta difícil, eu grito pra mim mesma...
Então de que adianta dançar essa música agora?
Minha garganta , parte-se diante
do discurso velho que existe em mim !
Encontro-o e vejo-me ainda caducando com falas do passado!
A morte as vezes é suave...
nela existe a poesia do esquecimento,
E da-nos a promessa do eterno sorrir!
Preciso disso nesse instante...de um som feliz
que alimente minha alma criança!
Ou então que a noite se apresse e me faça dormir
em seu eterno sono , que só acorda, no dia seguinte,
E que faz tudo recomeçar...


fatinha só fatinha....
(05/05/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário