Total de visualizações de página

sábado, 27 de novembro de 2010

SIMPLES!



Simples , tão simples
como o silêncio do sussurro
assim sou eu!
Não faço festas, por dores
ou por amores!
vivo-os
acalento-os
vivo-os
mato-os...
se assim for preciso!
Não escancaro mais as janelas da alma!
Abro-as , devagar
a cautela é necessária,
assim a dor não nos surpreende!
Simples, tão simples
assim sou eu
sussurrando meus poemas!

fatinha ,só fatinha...
CANÇÃO PARA CANTAR A VIDA!


ASSIM SE INICIA O DIA...
ESPERANÇAS RENOVADAS, ALEGRIAS!
PASSOU-SE A NOITE E O SOL QUE ME QUEIMA A PELE
EM CARICIAS MUDAS, MAS QUENTES E VIVAS
ME MOSTRA QUE O RECOMEÇAR É UM DESENHO NOVO!
FIZ DO HOJE, ALGO PARA VIVER!
POR ISSO CANTO E BAILO AO SABOR DO VENTO!
HOJE SOU O PERFUME QUE INEBRIA E AROMATIZA O DIA!
ESCREVO NAS CALÇADAS MINHA AGENDA DE HOJE,
E VIVO COM INTENSIDADE O SONHO QUE DESDEONTEM ESTÁ PRONTO!
CALO , PARA OUVIR A CANÇÃO DO VENTO...
SEU COMPASSO , REGERÁ MEU DIA!
SE FOR ALEGRE É POR QUE ASSIM O DESEJEI!
A DOR DE ONTEM, NÃO PODE SER A DE SEMPRE,
SOU RESPONSÁVEL 
EM FAZER-ME SEMPRE FELIZ!
POR ISSO CRIO POEMAS QUE NÃO EXISTEM,
FAÇO RIMAS QUEBRADAS, MAS NOVAS ,
EM SUA EXISTENCIA
DE
 POEMA GRANDE , DESSES QUE ESCREVO
OU INVENTO ,QUANDO PROPONHO-ME A SER FELIZ !

FATINHA, SÓ FATINHA...
MEU SORRISO...
EU TRAGO PARA TI O MEU SORRISO...
PLANTEI-O AINDA AGORA, 
EM MEU JARDIM!
TE OFEREÇO UMA ROSA E VOU EMBORA...
O TEMPO NÃO ESTANCA ATRAZ DE MIM!
SE HOJE TE SORRIO E TE ABENÇÔO,
É QUE MEU PEITO AGORA 
EM PAZ ESTÁ!
A SECA QUE MALTRATA FOI EMBORA
MEUS OLHOS AGORA VÊEM SEM CHORAR!
O TEMPO DO SILÊNCIO FOI ROMPIDO,
JÁ NÃO ENCONTRO MAIS A SOLIDÃO!
MEU SONHO QUE ESTAVA ESCONDIDO,
AGORA ESTÁ BRINCANDO 
EM MINHA MÃO!
POR ISSO HOJE , AQUI ME DOU EM ROSAS,
RASGANDO MEU SORRISO PARA TI,
O AROMA QUE EXALA É MINHA ALMA,
SORRINDO TÃO SOMENTE , POR SORRIR!

FATINHA , SÓ FATINHA ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário