Total de visualizações de página

sábado, 27 de novembro de 2010

Amor Quebrado...



Onde está o amor que um dia me destes
que me prometestes ser amor sem fim?
Acho que o deixastes madrugada afora
Em uma esquina , ou num botequim!

Fez-me a promessa de uma amor em dobro
De um sentimento que eu desse a ti!
Nessa matemática, encontrei um logro

pois não multiplicas, em tudo dás fim! 
Palavras bonitas me pronunciastes
Juras de amor , tu me ofertastes!
Só não teve zelo pelo nosso amor
Nem sequer me lembras o que me jurou !

Me cobras amor, me cobras paixão,
Mas não te esmeras pra me ver feliz!
Sou mercadoria para tua mão

Deixas perceber que nunca me quis!

Hoje te recuso não aceito mais
Esse amor vazio que sempre me traz!
Pois amor quebrado, sempre implorado
Não me interessa não me satisfaz!



fatinha, so fatinha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário