Total de visualizações de página

sábado, 27 de novembro de 2010

Bola balão






Bola balão , caindo mansinho
na palma da mão!
Trazendo consigo uma doce canção
que fala a linguagem do meu coração!
Se hoje não deu pra ser muito feliz
não faço discursos, desenho nas nuvens
e faço com eles um belo poema
como eu sempre quis!
A festa acabou?não pergunto ao José,
invento um bailado, e saio dançando na ponta do pé!
O meu arco-íris? sou eu que dou cores!
E do meu jardim, sou o jardineiro
eu planto minhas flores...
Dou graças por tudo , desfilo na praça,
eu danço ciranda, A vida dou graças!
E pego o trem que ja vai passando
não perco o tempo, estou sempre amando
pois sei que amar é sorrir para a vida
Não perco meu tempo com coisas amenas
por isso eu discurso:viver vale a pena,
segundo o poeta, so não pode nunca
ter alma pequena!


fatinha , so fatinha!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário