Total de visualizações de página

sábado, 27 de novembro de 2010

O TEMPO....



CHEGOU O TEMPO DE ESQUECER
PEGUEI A SURRADA MALA QUE TINHA
JOGUEI DENTRO TUDO QUE NÃO QUERIA
NÃO MAIS SERVIA , NÃO MAIS EXISTIA!
COLOQUEI JUNTO , VELHAS POESIAS
SAPATOS VELHOS, ROUPAS ROTAS E SURRADAS
SAI PELA MADRUGADA,
CATEI FLORES NOS JARDINS
E ME FUI AO BOTEQUIM...
TOMEI BEBIDA QUENTE
FALEI DE TUDO E DE MUITA GENTE
OS OLHOS ENVELHECI...
ASSISTINDO DECADENTE PEÇA DE UMA ATRIZ
BATI PALMAS . FIZ FOLIA
DEI A ELA UMA FANTASIA
QUE NÃO ERA SIMPLES MERETRIZ!
E ELA SE FEZ FELIZ!
AGRADECEU COM REVERENCIA
DESCOBRI-LHE INOCÊNCIA
QUE AO CORPO NÃO CONDIZ!
VOLTEI ENTÃO 'A ESTRADA
COMPLETEI MINHA JORNADA,
FIZ O QUE TINHA DE FAZER
COM PRESSAS DE NÃO ESQUECER !
SEM SAIR DO PENSAMENTO
A MOÇA NEM UM MOMENTO!
SEU CHEIRO EM MEU NARIZ!
A MALA? JOGUEI-A FORA!
MANDEI A DOR IR EMBORA
E A MOÇA ? ESQUECI!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário